13 setembro, 2007

Regresso à escola

Ao contrário daquilo que eu estava à espera, apesar de ter consciência que as férias iam quebrar o ritmo e o tempo todo connosco ia dificultar um pouco as coisas, o regresso à escola têm sido muito pior do que eu estava à espera, chego mesmo a achar que está a ser mais difícil do que quando entrou para lá em Janeiro.

Todas as manhãs tem ficado a chorar, não melhor dizendo a gritar, todos os dias com excepção de terça feira tenho chegado atrasada ao trabalho, e mesmo chegando a educadora que é a mesma do ano passado com quem ela ficava muito bem, fica na mesma a chorar.

Claro que houve algumas mudanças do ano passado para este ano, a sala dela agora é no R/c e de manhã fica cá em baixo, quando no ano passado ficava ou na sala ao lado da dela com a educadora E. ou no berçário com os bébés. Este ano até podia ficar lá em cima na mesma mas como as salas rodaram o pessoal lá em cima não é o mesmo do ano passado, e também tem agora uma sala com muito mais meninos e muitos deles são novos, e tudo isto para ela é muito complicado.

Resta-me aguardar que se adapte a estas novidades e que volte a ficar bem na escolinha. Nos primeiros dias de férias sódizia que ia para a escolinha e eu dizia-lhe que agora estávamos de férias nos últimos dias quando lhe comecei a falar no regresso à escola dizia que "as minhas félias ainda não acabalam".

2 comentários:

Mamã do piratinha disse...

Tadinha.

Dá-lhe mais um tepinho e deixa-a criar mais empatia e tudo voltará à normalidade.

Beijocas

www.palavrademae.blogspot.com/ disse...

porque não a deixas escolher um brinquedo em casa, depois fala com aeducadora se ela pode ficar com esse brinquedo lá na escolinha, qd avais buscar ela que o traga para casa.

a minha mais nova, foi assim que começou a acalmar no colégio, tinha 3 anos qd foi pela 1ª vez, ficava sempre a chorar até que um dia ela se lembrou de levar o "bebé" que ela adormeçe cá em casa. passou aser remédio santo. A educadora diz que é muito engraçado vê-la a colocar o boneco pendurado no cabiode dela, qd precisa lá vai busca-lo.

beijocas